Dengue – Tipos e Sintomas


Dengue

A dengue é uma das doenças mais presentes em terras brasileiras, tanto que é constantemente divulgada formas de prevenção e informações nos meios de comunicação (televisão, rádio, jornais, revistas e etc.) sobre o mosquito transmissor de nome Aedes Aegypti.

Não é de se espantar uma campanha diária em massa voltada para população, isto por que nos últimos anos tem crescido consideravelmente os números de casos em terras brasileiras.

Para você ter uma ideia, segundo o Ministério da Saúde, no inicio do ano de 2013 até setembro do mesmo ano os casos quase que triplicaram no País, passando do numero de 1,4 milhão de casos notificados.

Para que você não faça parte dessas estatísticas é preciso que esteja bastante atento aos sintomas da dengue e suas formas de prevenção. Então, está com alguém na família com suspeita de Dengue? Veja quais são os sintomas da dengue nesse artigo!

Sintomas da Dengue

Quando falamos do vírus da dengue é algo muito abrangente, pois o mesmo possui no total quatro variações virais são eles: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4. Mas quando falamos em sintomas, os quatros tipos apresentam os mesmos sinais.

Os sintomas estão divididos em três estágios: dengue clássica, hemorrágica e síndrome do choque associado à dengue.

Dengue Clássica

Como você deve imaginar, este é o tipo mais frequente, assim como a forma mais leve desta doença. Geralmente a dengue clássica é confundida com outras doenças, a gripe e a mais comum delas. O início da dengue é súbito, sendo assim os sintomas podem durar 3 a 7 dias.

A dengue clássica tem sintomas como cansaço, dor muscular e nas articulações, vômitos, enjoos, indisposição, coceira, vermelhidão no corpo, febre alta, mirando a casa dos 39º a 40º, entre outros.

Nas crianças, os sintomas podem começar com febre alta e depois com sonolência, diarreia, vomito, sem apetite e sonolência.

Dengue hemorrágica

Em casos de dengue hemorrágica deve-se ter um pouco mais de atenção e cuidados médicos. Pois caso a doença não seja tratada com agilidade, o doente pode vir a falecer.

Os sintomas da dengue hemorrágica são os mesmos da dengue clássica, contanto a partir do terceiro ou quarto dia surgem às devidas hemorragias, sendo elas sangramento gengival, nasal, rompimentos dos vasos superficiais da pele, além de outros.

No entanto, pode ficar um pouco despreocupado, a dengue hemorrágica é mais comum em pessoas que está sendo infectada pela segunda ou terceira vez.

Síndrome do choque da dengue

A síndrome do choque da dengue é caracterizada pela grande queda da pressão arterial, assim como sendo acompanhada por palidez, depressão, amnésia, perda de consciência, inquietação, entre outros. A síndrome é a complicação mais séria da dengue e requer um pronto atendimento preciso e ágil.

Prevenção da Dengue

Para se prevenir da dengue é preciso que esteja bastante atento dentro e fora de sua casa, isto por que o mosquito transmissor põe suas larvas em água paradas, mas especificamente no interior de pneus, vasos de plantas, garrafas pets ou de vidro, caixas d’água, cisternas e também vasilhas de água de animais de estimação.

Gostou do post? Então cadastre-se e receba novidades!

Digite seu email:

Tem algo a dizer sobre isto? Então comenta!